Páginas

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Ludi di San Bartolomeo – Festa medieval na Itália

Que a Itália é linda, berço da história da humanidade, e tem uma comida maravilhosa blá blá blá todo mundo já sabe, né. Mas o que mais me encanta quando vou lá são as cidadezinhas menores. Aquelas em que você não encontra lojas de souvenir mas que em uma foto encontramos tanta história, que até nos esquecemos da camiseta “estive em algum lugar e lembrei de você”, sabe? =P

Dessa vez eu e o Pi passamos dez dias lá, sempre em cidades que não são consideradas grandes centros, mas que tem o seu charme particular. Chegamos exaustos à província de Modena no sábado, e no domingo soubemos que estava acontecendo uma festa no centro de Formigine, cidade em que ficamos. E lá fomos nós junto com os sogritos fofos. Era a semana do “Ludi de San Bartolomeu”, uma festa medieval histórica e claro, com comida engordativa típica. Ou seja, adoro!

O festival foi muito fofo e diferente pra mim, as pessoas usando roupas medievais (calooooor!), competições e brincadeiras medievais, as menininhas com arquinho de flores na cabeça, pareciam fadas (ouwnn *_*), exposição de máquinas de tortura medievais, muitos doces, e trailers com comidas.

 

P1010350

Castelo do séc.XIII no centro de Formigine

S Bartolomeo

Imagina a sauna por baixo dessas roupas todas…

P1010355

Doces, muitos doces…

P1010356

    Porchetta ao estilo Restart

            P1010360P1010362

Oie moço, seu “passarinho” tem telefone? =P

P1010363

Hipnotizando ou hipnotizado?

Apesar do cansaço, a noite foi muito divertida. O calor estava infernal de lascar messssmo! Durante o dia média de 37ºC e de noite 29º~30ºC. No dia da festa não foi diferente, por isso só com muito sorvete artesanal pra aguentar e claro, eu não reclamei. ;-P

  • A sétima edição da festa aconteceu entre 21 e 24 de Agosto, em homenagem ao santo patrono da cidade, São Bartolomeu.

.

domingo, 28 de agosto de 2011

Matemática do cansaço…

Perdoem-me o trocadalho do título mas eu não consegui pensar em outra coisa mais adequada.

Eu nunca fui uma boa aluna em matemática e quem me conhece sabe que os números não são meus amigos, mas dessa vez é necessário. Portanto peço a você querido leitor do (Manu)escritos, faça a conta comigo:

21 horas de avião + 1:30h de carro + fuso horário de 5:00h + 12 horas de carro Holanda x Itália + uma semana e meia cheia de coisas pra fazer + 2:30h de carro + 14 horas de carro Itália x Holanda =  uma pessoa, ou melhor DUAS pessoas exaustadas com vontade de fazer nada, mas com a casa pra arrumar e o domingo nublado fresquinho digno de um filminho no sofá.

Ou seja, sinto muito mas a arrumação eu deixo pra amanhã, já que no domingo até God descansou, então eu também posso, né?!

A única coisa que eu quero contar a partir de agora são as ovelhinhas nos meus sonhos… =)

 

PS: High way Suíça “fia d’uma égua”!! [conto o porquê em outro post]

.

sábado, 13 de agosto de 2011

Holanda em - “Back from the future”

Aviso logo que eu não vou falar sobre o filme e muito menos sobre o Michael J. Fox ou o Christopher Loyd… =P

Pois bem, quando fazemos uma foto, eternizamos o momento, temos a prova de um crime (medo!), e até encontramos detalhes divertidos e/ou curiosos, mas geralmente a gente só se dá conta disso depois de algum tempo. Vendo as fotos antiga também é fácil percebermos o quanto tudo mudou a nossa volta, inclusive nós mesmos. Atire a primeira pedra quem nunca viu uma foto antiga e disse: “Nossa! Não acredito que usava esse tipo de roupa!?!”

Aproveitando os argumentos citados acima, o fotógrafo Holandês Sander Koot resolveu juntar um grupo de idosos de sua cidade natal, Utrecht, e pedir fotos da juventude, para refazê-las atualmente.

No projeto entitulado “Back from the future” (De Volta do Furturo), Koot tentou reproduzir a mesma posição dos personagens e luz das fotos originais. O que resultou em fotos super-hiper fofas, delicadas e cheias de significado. Duvida? Dá uma olhada aí!

Koot1 Koot2 Koot3

Eu achei a ideia o máximo, sem falar nas carinhas mega fofas das vovózinhas(os)!E você, o que achou?

Quer mais? Tem no Flickr e no site do fotógráfo.

.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Uma semana ou sete dias…

É ótimo se dar conta que o tempo sempre demora mais a passar quando a gente espera que ele passe voando, né? NOT!

O gênio, Vinícius de Moraes, descreve muito bem minha atual situação:

O relógio

Passa, tempo, tic-tac
Tic-tac, passa, hora
Chega logo, tic-tac
Tic-tac, e vai-te embora
Passa, tempo
Bem depressa
Não atrasa
Não demora…

13801192-13801192-running-on-time

Tô voltando para o lado de lá! :)

.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

É tudo igual ou não é? - Dança tradicional

Eu sei que a primavera na Holanda já acabou, e que as festas juninas do Brasil idem. Mas revendo as fotos e vídeos da nossa visita ao Keukenhof 2011, eu me senti no dever de compartilhar com você o que eu percebi com esses olhos que a terra há de comer…

Eu e o P. visitamos o “jardim das tulipas” no início da primavera, em meados de Abril, quando o parque abre para o público. Tivemos sorte porque nesse dia tinha um sol lindo brilhando (apesar do vento) e tiham muitas apresentações em todo o parque, e uma delas eu gravei pra você. Dá uma olhada e não repara na minha tentativa de fazer uma abertura pseuado-explicativa antes da dança começar! ;)

 

Balancê!

Prestou bastante atenção no vídeo? Então agora (dando sentido ao título desse post) eu te pergunto: É só impressão minha ou essa dança típica holandesa é muito semelhante a nossa boa, velha e brasileiríssima quadrilha de São João?!?

Compara você mesmo!

 Olha a chuva! É mentira…

Ok, talvez a nossa seja um pouco mais animadinha, mas que é parecida, eu acho que é sim… :)

E você, o que achou?

 

Você também quer visitar o jardim das tulipas? Mais informações sobre o Keukenhof 2012 aqui (in English)!

.