Páginas

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Mulher de fases…

stock-vector-woman-with-bipolar-disorder-vector-illustration-of-a-two-face-woman-showing-different-moods-43593109As últimas semanas não foram fáceis pra mim. E ainda nem sei o porquê!

Parecia estar tudo bem, mas eu andava uma pilha de nervos. A coisa mais idiota me fazia explodir, ficar com raiva, chorar, vontade de gritar.

Não sei se é culpa das grandes mudanças que tô passando, e ainda tentando assimilar; ou se bateu saudade de casa, família, mãe, comida, amigas; ou se foi o medo da entrevista de admissão da universidade que estava chegando. Ou se foi somente frescura aquela “depressão de inverno”, que todo mundo fala, já que o tempo tá começando a esfriar…

Eu não tinha vontade de fazer nada, queria só dormir. Ânimo zero, paciência menos zero, sorriso zero, nem vontade de pentear o cabelo eu tinha. Coitado do marido. No final do dia jogava tudo em cima dele, e pra piorar a situação terminávamos as noites com uma discussão. Eu porque não conseguia dizer o que acontecia e P. porque pensava que eu o tivesse culpando, sem entender o que tinha acontecido.

Acho que foi a primeira vez, que me deu vontade de sair correndo sem ter um destino certo. Só sair e esfriar a cabeça.

É difícil não ter ninguém pra quem ligar e desabafar, pra jogar conversa fora, e ter que despejar o peso de tudo em cima de uma pessoa só.

Tô tentando assimilar todas essas mudanças o mais rápido e da melhor maneira possível. E tenho orgulho de dizer que estou fazendo isso bem, mas ás vezes não dá.

Felizmente, a onda grande já passou. Estou melhor, marido e eu já nos acertamos, e as coisas estão caminhando. :)

Já que temos que encontrar uma desculpa resposta pro tudo, no final eu decidi somar 2+2 = tive/tenho a depressão invernal + as outras mudanças. Porém com um pouco mais de “inspira expira” tudo se ajeita.

E como o outono tá só começando, muitos respiros fundos e força na peruca meio lisa e meio enrolada! Oh God…Dedos cruzados

.