Páginas

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Pavia, o Ticino e as enchentes

Pavia, capital da província homônina é uma cidade linda. Situada na região da Lombardia, norte da Itália, e com quase 80 mil habitantes, Pavia é a sede de uma das mais antigas e importantes universidades da Europa, a Università degli Studi di Pavia.

O Ticino é o rio que vai da Suíça meridional até a Itália setentrional, é o principal afluente do rio Pó (o maior da Itália). O rio Ticino mede 248km, é o segundo maior rio da Itália por volume de água, e um dos menos poluídos do país.

O rio Ticino corta Pavia, e é símbolo da cidade, tanto que um dos pontos turísticos mais importantes de Pavia é a ponte que passa sob o rio: Il ponte coperto.

2012-04-08 18.50.15Fazendo A turista – Abril 2012

Essa proximidade com o rio traz benefícios e prejuízos para a cidade. Uma das coisas boas é a grande fauna e flora que o Ticino nos proporciona, como o Parco del Ticino, declarado em Patrimonio da Humanidade pela UNESCO. Nos meses quentes, o rio se transforma na nossa “praia” e muitos Paveses vão lá pegar um bronze, nadar e fazer um churrasquinho farofaaa!

TicinoPraia Ticino

Apesar da beleza, o Ticino também sabe ser perigoso, e por ser ás margens do rios, Pavia é quase sempre em alerta quando as chuvas ficam mais frequentes, pelo alto risco de enchentes. As mais recentes aconteceram em 2000 e em 2009.

Em 17 de Outubro de 2000 a enchente foi tão grande, que foi considerada a maior enchente do século. Metade da cidade foi inundada, e o bairro mais prejudicado foi o Borgo Ticino, pela sua posição e por ser um pouco abaixo do nível do rio. A água invadiu as casas, e o bairro precisou ser evacuado. Até hoje é possível ver placas que sinalizam o nível di água durante a enchente.

A plaquinha azul nos muros de uma casa em Borgi Ticino, marca até onde chegou a água na inunduação de 2000. A plaquinha marrom marca o nível da água na enchente de 1994.

agua ticinoImagem: Fonte

Essa foi a situação em que o bairro Borgo Ticino ficou durante enchente de 2000. Notem que essas são casas de 2 e 3 andares.

alluvioneImagem: Fonte

E tudo isso pra dizer que nesse momento estamos em alarme. O outono tá castigando, faz uma semana que chove sem parar, e o nível de água do Ticino, e dos outros rios que próximos a Pavia estão aumentando sempre, mais e mais.

Há uma semana postei no instagram essa foto, que já mostrava o avanço da água, que engoliu os banquinhos e algumas árvores que ficavam próximos a margem, e a ciclovia já interditada.

IMG_20181037268911

 

Ontem a tarde o rio Seveso, que passa por Milão, começou a inundar vários pontos da cidade. Pronto, caos total! Trafego parado, estação de metro alagada, gente presa dentro do metrô, etc. Galeria de fotos.

Imagem: Fonte

Voltando a Pavia…

Essa noite os pontos mais próximos ao rio estão em alerta, mas as notícias sobre o tempo não são muito animadoras. Amanhã o tempo melhora, mas sábado e domingo a chuva deve voltar com força total!

Apesar de morar “em frente”  ao parque do Ticino, eu não tenho medo que a água chegue até aqui. Meu medo maior é pelo caos, e pelas pessoas que moram no Borgo que vão ter problemas grandes.

Pelo andar da carruagem, minha próxima aquisição na Ikea será:

Ikea

Faz um pensamento positivo aí por nós, plisi?!

Oremos, e esperemos que tudo fique bem!

.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Mico do dia

Acordei ás 5 da manhã porque os gatos resolveram enlouquecer e matar caçar um ao outro, fui pro sofá da sala e depois de uma hora os felinos voltaramm a dormir, e eu voltei pra minha cama.

Marido foi pro trabalho, eu arrumei a cozinha, liguei a máquina de lavar e dei uma geral vapt-vupt na cozinha e na sala, e me arrumei pra jogar o lixo fora e sair pra resolver as coisas na rua…

Tá um vento digno de Noruega lá fora, e eu que não sou boba (cof cof) vesti uma blusinha de estar em casa + blusa de manga comprida + cachecol + casaco, e fui lindamente pra frente da porta com o saco de lixo, bolsa, guarda-chuva papagaio e piriquito. A porta tá trancada. “Ok, marido trancou quando foi ganhar o leite das crianças-felinas”, penso.

Olho pro porta-chaves e… cadê a minha chave??

Procura na bolsa, na gaveta do telefone, no quarto, dentro da geladeira (e do forno), dentro da fronha do travesseiro ~sim, sou estranha~ e nada.

Ooopa! Lembrei! (ligo pro marido)

Eu: Alô, amor. Adivinha!

Ele: O que aconteceu?

Eu: Tô trancada dentro de casa! Lalala

Ele: Como assim?

Eu: È. Deixei a minha chave dentro do teu carro ontem, e só agora me lembrei. Eheh

Ele: Tô indo pra casa então.

Eu: Nãããão, não precisa. Tenho tudo que preciso aqui dentro. Melhor ficar trancada dentro de casa, do que fora. Né!?

Ele: Ok…

Resultado: o saco de lixo vai esperar até a noite; eu vou ficar trancada aqui dentro rezando pro carteiro não apertar a campainha; e em caso de emergência até já imaginei a manchete do jornal de amanhã: “Dona de casa (destrambelada) pula da janela de casa com dois gatos para fugir do perigo”. Ahahahaha!

Ah, e como se não bastasse… essa é a SEGUNDA vez que acontece.

tumblr_m7iiusUCuI1rbe5uro1_500

Tô começando a achar que a mamãe tinha razão quando dizia que só não perco a cabeça porque é grudada.

.

UPDATE> O carteiro passou, e eu tive que assinar e receber a correspondência da janela da cozinha, estilo Romeu e Julieta (o carteiro que disse!)