Páginas

quinta-feira, 11 de julho de 2013

The new entry!

Oi gente!

Minhas provas ainda não terminaram, faltam duas, e eu nâo aguento mais!!!! Mas já que falta pouco, acho que já posso voltar pro blog.  :)
Tenho muuuuita coisa pra contar, mas hoje eu vim dar continuidade no assunto sobre
aumentar ou não a famílinha!

Então, chegou a hora de apresentar formalmente a new entry na casa A.!!! Essa é a nossa caçula, “irmãzinha” do meu Ubik.

Oi, o meu nome é Nova!!! \o/

NovaSou linda, né!?

A Nova é uma gatinha muito especial. O nome foi inspirado no personagem de Linda Harrison, em Planeta dos Macacos. Nós a adotamos de uma ONG de resgata gatos em situação de risco, aqui na nossa região.
Segundo os voluntários dessa ONG, a Nova foi encontrada quase morta, só osso, sem pelos, e com muitos vermes. A coitadinha nem caminhava, e se não fosse resgatada com certeza morreria em uma semana. Ela nem sabia mais comer, tiveram que dar aquelas papinhas pra bebê, pra reacostumá-la com o gosto da comida. =/
Depois descobriram que ela tinha uma infecção de parasitas, o que fazia o pelo cair. Ela foi esterilizada, e depois de quase dois meses de tratamento, a ONG liberou ela a vir pra nossa casa.

Nova tem mais ou menos 10 meses de idade, mas parece ter só 5 de tão pequenininha que é, por culpa da vida que ela tinha antes, sem comer, sem tratamento, sem nada.

Logo que ela chegou, o nosso Ubik se mostrou todo disposto a fazer amizade, tanto que se rolava em frente a ela. Mas como ela ainda tava muito traumatizada, e assustada com a mudança, só ficava na dela, no fundo da gaiolinha ou então toda enroladinha miando de medo. =/

P1030467

E somado a isso, nós descobrimos que a Nova é uma gatinha com alergia crônica, o que faz ela se coçar até arrancar os pelos, nos períodos de crise. Ela precisa comer só ração monoproteica ou antialérgica pra sempre, o que não é a coi$a mai$ legal pra gente…

Foi muito difícil fazermos com que eles se tornassem amigos. Como ela era muito traumatizada, demorou até confiar na gente. Depois quando começou a confiar em mim e no marido, tinha o Ubik que a assustava. Ele, literalmente, caçava ela dentro de casa. Por quase um mês, nós ficávamos com as portas dos quartos trancadas. Uma hora com o Ubik dentro, outra hora com a Nova. Se eles se encontravam, era briga feia.
Compramos feromonios, snacks, e tudo mais, pra tentar fazer eles dois se encontraram sem fazer guerra, mas nada parecia dar jeito. Devagarinho começamos a dar a comida juntos, lado a lado, e nessa hora até que funcionava, mas era só um acabar de comer que recomeçavam a se matar de novo.



Até que um dia a gente perdeu a paciência, e resolveu deixar eles brigarem. Eles brigaram até cansar e pronto, acabou a guerra!! =D

A cada dia eles passavam mais e mais tempo sem os miados de ódio, e começaram a se tolerar. Foi lindo a primeira vez que conseguimos dormir sem trancar um num quarto e o outro no outro. Nos sentimos livres! E mais lindo ainda foi quando eles se deitaram juntos pela primeira vez!! Ahahah ♥

Ubik e NovaQue emoção!!!

Hoje, finalmente, depois de 1 mês eu posso dizer que meus “bebês” estão integrados. De vez em quando um corre atrás do outro, e a Nova faz aquele drama básico… Mas já percebi que ela é mais ciumenta e enchedora de saco, que o Ubik. Quando ele tá quieto, é ela que vai pertubar, aí ele se estressa, e ela começa a fazer o drama pra fujir dele. Porque ela não aguenta o jogo, visto que ele é muito maior. =P

P1030673Não te deixo dormir, não!!!

É isso, estamos felizes com nossos felinos!

.

19 comentários:

  1. Oi Manu ! Eu estava com saudades de você , espero que corra tudo bem durante as provas .
    Sorte sua poder ter bichinhos em casa , aqui na minha rua tem um serial killer exterminando bichos há muitos anos e até hoje nunca descobriram quem é o infame , só sei que nessa brincadeira já envenenaram 3 cachorros daqui de casa e por precaução decidimos não ter mais nenhum bicho . É dose né ?
    Enfim , bjs prá você e para seus filhos felinos ...
    Lana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana!! Ai menina, ainda to meio desesperada, mas menos do que antes, visto que faltam só duas pra terminar.

      Que horrível, isso de ter um assassino de animais na sua rua!! De vez em quando eu vejo nos jornais daqui alguma rua, que encontram pedaços de carne com veneno, mas aqui na minha rua nunca ví. Aqui o problema é que nosso prédio fica em frente de uma onde os carros passam em alta velocidade, então felinos sempre dentro de casa. Só saem de carro com a gente, e sempre dentro da gaiolinha.

      Um beijo!!!

      Excluir
  2. Manu, que lindinhos os seus bebês! Que bom que vcs tiveram a paciência de esperar ela se acostumar, acho que se fosse em outra casa talvez já tivessem devolvido a bichinha, ou até mesmo abandonado. Acho que ela foi parar na casa certa! :)

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Line!! Com certeza se fosse em outro lugar teriam abandonado ela. Ainda mais porque pq só descobrimos que ela tinha essa doenÇa crônica depois que ela já estava com a gente. E ração e comidinha e$pecial tu sabe$ como é, né...

      A briga entre os dois era tão feia, ao ponto de deixar a gente muito desanimado. E não vou mentir, não. Algumas vezes eu e marido até pensamos se tinhámos feito a coisa certa em adotar um outro felino... mas tadinha, ela já tinha sofrido tanto na vidinha dela... Só o carinho que ela dá pra gente, não se comparava aos nossos medos. E com um pouco de tempo, tudo deu certo. =)

      Um beijo!!!

      Excluir
  3. Que bacana!!! Aeeee a familia aumentando! :) (E' sò o começo, pois farao mtos filhotinhos tenho certeza!)
    Sem contar que foi um ato de muita generosidade da parte de vcs, trazer a Nova p casa com todos os problemas que ela tem / teve. Bravi!!!
    Ela me recorda demaisssss a gata da minha ex vizinha, que se chamava GATTA (com 2 Ts rs)!
    Que bom te ler... muito sucesso nas provas que faltam.
    Bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, que me dà um frio na barriga so' em pensar em "filhotinhos humanos", Carol! AHahha, ainda nao estamos preparados pra isso. Mas um dia, virao. ;)

      Tadinha, a minha nanetta nao merecia sofrer mais, né!
      Obrigadaaaa!!!
      Beijos

      Excluir
    2. Ahhh eu tava falando dos filhotinhos do Ubik + Nova!!! hahaha
      Mas obviamente tb desejo que venha pelo menos um filhote humano ne...por aqui tb nao pensamos per adesso! :)
      Bjsss

      Excluir
    3. Ahahahha!! Nao, Carol, os dois já são castrados. Gato tem que castrar, senão fica impossível de controlar a ninhada è grande. Sem falar que gato macho no cio faz xixi em todo o canto pra marcar território. E gata femea faz aqueeela cantoria escandalosa. =P

      Excluir
  4. Manu,
    Eu não gosto muito de gatos (também não desgosto, só prefiro cachorros) mas acho tão lindo adotar um bichinho!
    x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que eu tbm nao gostava, Ni. Pq nunca tinha tido um. Entao tinha aquele pesamento de que gato sem graça, è rabugento, etc... o que nao è absolutamente verdade! Virei gatòlotra. Ahahha

      Um beijo!

      Excluir
  5. Que gracinha os gatinhos juntos, ainda bem que eles se entenderam depois. Muito triste ver que existe gente maltratando animais em todo canto do mundo, muito triste mesmo. Mas ainda bem que tem gente como você que adota gatinhos! Eu amo animais, desde criança, mas por ter asma nunca pude ter em casa, só tive uma vez :(

    E suas provas, já acabaram? As minhas acabam quarta!!! :)

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcelinha!
      Pois è, meu pai tbm tinha asma e alergia ao pelo. So fui ter meu primeiro cachorro depois q eles se separaram e que eu era jà grandinha o suficiente pra cuidar dele.

      Minhas provas acabam essa semana!!
      Um beijo!

      Excluir
  6. oi Manu! Pasando aqui pela primeira vez e ja seguindo! Forte abraço e parabens pelo gesto de adotar a gatinha.com certeza nao deve ter sido facil a adaptaçao...mas passou! E sobre a comidinha especial...bah..chato neh? Bem q podia custar o mesmo preço...sou sua nova seguidora...beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!!! Seja bem vinda, e desculpa a demora em responder!
      Pois è, è chato o lance da alimentaçao, mas pelo menos nao è uma questao de vida ou morte, né. Ou seja, dos males o menor. ;)

      Um beijo!! Bem vinda de novo!

      Excluir
  7. Desculpa nao ter mandado nada antes.... eu fiquei bem doente nas ultimas semanas... contudo, voce sabe como eu fiquei feliz pela sua nova "Nova" filhota... =)

    tudo de lindo pros seus filhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu do cèu, o que aconteceu? Jà melhoraste??
      Claro q nao precisa se desculpar!! Me deste uma ajuda e tanto, apesar da baunilha nao ter surtido efeito. Ahahaha!! =P

      Ainda estàs no Brasil?
      Um beijo e melhoras!!

      Excluir
  8. Você fizeram uma linda ação adotando a Nova e ajudando essa ONG a liberar espaço para ajudar mais gatinhos. Eu acho um absurdo as pessoas não castrarem seus gatos e contribuírem para a super população animal. Aqui na província do Québec, aonde eu moro, temos um problema muito sério com isso, é cultural: as pessoas não castram e ainda por cima abandonam!

    Beijos,
    Lidia.

    ResponderExcluir

Vou adorar ler o seu comentário aqui!

Obrigada. =)