Páginas

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Is it too much??

Essa ultima semana foi muito complicada pra mim. Antes de sair do Brasil nós tínhamos um plano, que eu vi ir por água abaixo com o passar dos dias e com o recebimento de  e-mails negativos. Fiquei triste, refleti, Pi me abraçou e no outro dia acordei e segui a vida.

Um dia eu encontrei a oportunidade perfeita pra que nosso plano fosse um sucesso, parecia um sonho. Me empolguei, tentei não pensar no assunto pra não criar muitas expectativas, em vão… até sonhei com isso. Pi ficou feliz, fez altos planos, já estava “certo”como seria nossa vida. Adorei, fiquei radiante, brilhante e o melhor, estava com ele.

Uma semana depois mais um e-mail negativo, e esse foi devastador. Caí do cavalo feio, reclamei, xinguei, perdi as esperanças e até chorei… sinceramente, me senti uma inútil. Pi me confortou, me abraçou e eu comecei a me sentir melhor. Encontrei uma nova oportunidade, que me fez ter esperanças novamente… apesar de não ser o ideal, nem o mais cômodo, muito menos o mais lucrativo. Mas pra continuar me sentindo completa e ao lado dele, eu até topo tentar.

Depois e pesquisar e ler muito, até descobri outras opções, que continuam sendo complicadas, burocráticas e cheias de regras “pode isso não pode aquilo”. Me sinto frustrada!

Porque eles fazem tudo tão tão complicado, quando a única coisa que a gente quer é ficar junto???

Isso é pedir muito!?

.

3 comentários:

  1. Manu,
    Sei do que vc está falando (e não sei ao mesmo tempo!). Fiz sacrifIcios tb para ficar com I., mas todo dia qdo acordo do lado dele acho que tudo vale a pena.
    Vc encontra uma saída...
    Beijos,
    N.

    ResponderExcluir
  2. Manu
    Estou te entendendo. Infelizmente esse um caso para o sobrenatural, ore ao nosso pai fortemente e com todo o seu coração e peça à ele, ele tem poder de te dar essa vitória :)

    abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi Manu.
    Hummm...fiquei tentando adivinhar sobre o que voce estava falando e acho que tenho uma ideia, mas o mais importante acho que nao é o tema, mas sim a tal força interior que escrevi la no meu post. Nao desistir nos momentos dificeis, a cabeça pode nos levar aos 2 extremos!!
    Beijocas e força querida!!

    ResponderExcluir

Vou adorar ler o seu comentário aqui!

Obrigada. =)